Corpo de jurados já está em Parintins para avaliar o Festival Folclórico 2022

Nos dias que antecedem a festa, os jurados irão participar de seminário com os bois para apresentação do tema. Nesta quinta-feira (23) será realizado a leitura do regulamento passo a passo para sanar as dúvidas, além da visita aos galpões de alegorias e currais sem a presença de itens. 

Corpo de jurados já está em Parintins para avaliar o Festival Folclórico 2022 Foto: Divulgação. Notícia do dia 23/06/2022

O corpo de jurados que irá avaliar o Festival Folclórico 2022 já está em Parintins. O prefeito Bi Garcia reuniu com os dez jurados, nesta quarta-feira (22) para repassar orientações quanto aos critérios de avaliação do espetáculo.

 

Segundo Bi Garcia, a Prefeitura vem trabalhando desde 2017 para profissionalizar e dar transparência no Festival. "Eu falo muito da seriedade, da responsabilidade, do comprometimento que se deve ter com o julgamento do Festival de Parintins. Um julgamento que leve em conta a fundamentação da apresentação de cada boi.  Estou muito feliz pela escolha, são doutores, pós-doutores, especialistas em folclore, cada um na sua área, e não tenho dúvidas que vamos ter um julgamento técnico do festival de Caprichoso e Garantido", disse. 

 

O processo de seleção foi feito através de edital e de acordo com o advogado Hudson Correa Lopes, da comissão responsável pela escolha do júri, houve uma avaliação criteriosa, pois alguns itens do regulamento requerem experiência, além da formação.


“Todos têm a formação necessária para o julgamento, e agora eles vêm com antecedência para participar de workshop com as duas agremiações antes de irem para arena. Antigamente os jurados chegavam quase que no dia da festa e ficavam sem saber o que é um ritual, auto do boi. Agora eles irão para arena entendendo o que rege o regulamento", completou. 

 

Para o presidente da  Comissão dos Jurados, Lucio Enrico, “a causa pública, a lisura e transparência são temas muito importantes para as pessoas que fazem parte do corpo de jurados e o legado que esse grupo quer deixar é buscar ajudar no aprimoramento e na elaboração dos critérios de julgamento, com sugestões para outras edições”, pontuou. 

 

Nos dias que antecedem a festa, os jurados irão participar de seminário com os bois para apresentação do tema. Na quinta-feira (23) será realizado a leitura do regulamento passo a passo para sanar as dúvidas, além da visita aos galpões de alegorias e currais sem a presença de itens.